Como calcular o consumo do ar-condicionado?

Aprenda a calcular o consumo do seu ar-condicionado e evite surpresas na conta de energia

Publicado por Cristiane | 17 de dezembro de 2018

Atualizado em 19 de fevereiro de 2024

Você sabia que é possível calcular o consumo do ar-condicionado antes mesmo de adquirir o aparelho? Considerando alguns elementos básicos, como modelo, potência, ciclo e tecnologia, fica fácil ter uma ideia se o produto escolhido vai atender as suas expectativas financeiras quanto ao gasto de energia elétrica.

A conta de luz é uma despesa fixa no orçamento de todas as famílias e pode se tornar uma grande dor de cabeça caso algum aparelho acarrete em um aumento brusco na conta. Assim, é muito importante estar sempre atento.

Com a chegada das temperaturas altas, o ar-condicionado começa a ser utilizado com frequência, influenciando no consumo de energia. Para ajudar você a se planejar com as contas, preparamos este post: ele vai te ensinar um passo a passo de como calcular o consumo do ar-condicionado.

O que você precisa saber sobre consumo do ar-condicionado:

Para conseguir calcular quanto de fato custa manter um aparelho, você deve levar alguns fatores em consideração:

1. Categoria
As principais categorias são: Split High Wall, Split piso teto e janela.

2. Potência em BTUs

A potência em BTUs é essencial para garantir o aparelho ideal para cada ambiente. Ela varia de 7500 a 80000 BTUs.

3. Ciclo

O ciclo é uma escolha entre ter um ar-condicionado que apenas resfrie ambiente (só frio) ou um ar-condicionado que resfrie e também esquente o ambiente (função quente/frio).

4. Tecnologia
O sistema interno do ar-condicionado pode ser dois: convencional ou tecnologia Inverter.

Você terá um componente importante da descrição do ar-condicionado: o kW/h ou watts (denominado de eficiência energética). Esse dado indica quanta energia o aparelho consome por hora.

Existem alguns outros fatores além destes que são importantes para conseguir calcular o consumo de ar-condicionado de forma adequada:

  • Média de horas que o aparelho fica ligado;
  • Média de dias de uso;
  • Preço da energia no seu Estado.
Infográfico explicando cálculo para medir o consumo do ar-condicionado

Basta multiplicar a média de dias pela média de horas diárias para saber quantas horas de uso totalizam o mês. Depois, é só multiplicar essas horas pelo consumo de kW/h do seu ar-condicionado.

Suponha que você use um ar-condicionado de 1085w por 8h diárias durante 30 dias do mês. Multiplicando 8 h/dia X  30 dias X 1085w e, por fim, dividindo por 1000, teríamos 260,4 kWh/mês.

Por último, basta multiplicar pelo preço do kW na sua região.

Não tem muito segredo e você mesmo pode fazer essa conta. Mais à frente vamos fazer algumas simulações.

Como descobrir a tarifa para consumo de energia?

A tabela de tarifas por estado é de conhecimento público e pode ser consultada no site da ANEEL. Caso você não queira pesquisar para saber qual é a tarifa estadual que se aplica à sua residência, você pode considerar uma média de cerca de R$ 0,60 por kWh.

Tabela de consumo de ar-condicionado

Essa tabela é diferente da tabela de tarifas. Ela é preparada pelo Inmetro e mostra qual é a eficiência real dos modelos de ares-condicionados do mercado. Em nossa loja virtual, você pode consultar todos esses dados de forma bem simples:

  • Classificação de energia (Selo Procel);
  • Consumo de kWh.

Você pode checar todas as tabelas disponíveis no site do Inmetro.

Consumo do ar-condicionado de 12.000 BTUs

Para lhe ajudar, vamos calcular uma série de projeções para que você entenda quanto custa manter um ar-condicionado de cada potência e perfil de uso. Todos os cenários considerarão a tarifa média de R$0,60 por kWh.

Imagine que você mora no Rio de Janeiro e precisa de ar-condicionado todos os dias, durante as 8 horas de sono. Para contornar essas noites de calor, você calculou os BTUs e chegou à potência necessária que é de 12.000 BTUs. Já que você usará muito, escolheu um ar-condicionado inverter da Samsung (ciclo quente e frio).

ar-condicionado inverter da Samsung
A tecnologia Inverter garante mais eficiência no consumo de energia

Esse modelo consome apenas 28% da energia usada pelos modelos convencionais. Ou seja, ele precisa de cerca de 1/3 da energia de um Split convencional. Assim, mantém a temperatura desejada sem desligar e ligar o aparelho frequentemente, sendo mais silencioso, resistente e eficiente.

Exemplo de cálculo de consumo de ar-condicionado com um 12.000 BTUs

Ao instalar esse aparelho, a sua conta de luz vai aumentar em R$ 108,48 por mês. Pode parecer muito, mas lembre-se, o seu ar-condicionado possui uma boa potência e precisará trabalhar 30 dias por mês. A conta pode ser ainda menor se você ativar o modo Good Sleep (no caso da Samsung).

Ar-Condicionado de 9.000 BTUs gasta muita energia?

Esse é um exemplo de aparelho para ambientes pequenos. O seu consumo de energia mensal é bem mais baixo que um de 12000 BTUs. Neste exemplo, vamos simular uma casa com endereço em Curitiba, que só usará o ciclo frio, na parte da noite (4 horas) e nos dias mais quentes (20 dias).

Neste caso, a conta de luz tende a ser mais razoável. Ao escolher um ar-condicionado Inverter da Electrolux, como o abaixo, você estará tomando uma ótima decisão.

ar-condicionado inverter da Electrolux
O ar-condicionado de 9.000 BTUs é ideal para pequenos ambientes, como quartos
Exemplo de cálculo de consumo de ar-condicionado com um 9.000 BTUs

Neste caso, o aumento na conta de luz seria de apenas R$ 27,36. Muito razoável, não é mesmo? Ao contrário do que muitos imaginam, o ar-condicionado, se bem escolhido e usado com moderação, não é um vilão na conta de energia.

Vale lembrar que um modelo Inverter trabalha menos durante a noite e durante os dias menos quentes. Essa inteligência é fundamental para ter um ar-condicionado mais silencioso, durável e rápido para climatizar um ambiente.

Existem outros fatores ainda, como a tecnologia de filtro de bactérias e outras funções que normalmente acompanham o sistema Inverter. Confira os aparelhos com esta tecnologia disponíveis em nossa loja virtual!

Consumo de ar-condicionado de 18.000 BTUs

Vamos simular agora um ar-condicionado com mais potência. O modelo selecionado pelo usuário foi um ar-condicionado modelo convencional Comfee e tem um consumo de 17,41 kWh.

Ar-condicionado Comfee
Comfee é uma das marcas mais em conta do mercado
Simulação do consumo de ar-condicionado de 18.000 BTUs

O consumo do aparelho sem tecnologia Inverter foi de R$ 83,57. Caso tivesse escolhido esse modelo Inverter com consumo de 15,79 kWh, o consumo seria no mínimo 40% menor.

Saiba mais sobre ar-condicionado

Você já está munido de todas as informações que precisa para calcular o consumo do ar-condicionado e descobrir qual o melhor modelo e quantidade de BTUs que deve usar. Caso você ainda não tenha um ar-condicionado econômico, fica a dica: ar-condicionado split inverter!

Veja também!

Máquina de gelo EOS: sua bebida sempre gelada

A máquina de gelo EOS promete um design sofisticado e muito mais praticidade para você manter as suas bebidas sempre geladas.

Continue Lendo...

Potência do ar-condicionado para o quarto

O ar-condicionado é um item importante para garantir o conforto térmico, mas desde que a potência seja a correta.

Continue Lendo...

Eletrodomésticos inteligentes: Como reduzir o consumo

Tecnologia, praticidade e economia, sempre estão entre as principais vantagens dos eletrodomésticos inteligentes.

Continue Lendo...

Câmara de Cerveja EOS: ideal para o seu comércio

Conheça a nova Câmara de Cerveja EOS que vai lhe proporcionar o melhor custo-benefício e transformar o seu comércio

Continue Lendo...

Gases refrigerantes EOS: segurança e preservação

A Frigelar se preocupa com a sua segurança! Os gases refrigerantes EOS, possuem alta qualidade, segurança e preservação do meio ambiente.

Continue Lendo...

Por Que Investir em um Refrigerador Duplex Para a Sua Casa?

Saiba porque um refrigerador duplex para a sua casa pode ser a escolha perfeita para organizar os seus alimentos.

Continue Lendo...

Praticidade no Dia a Dia Com uma Cervejeira em Casa

Saiba como uma cervejeira em casa pode proporcionar maior conforto e praticidade no dia a dia e garantir as suas bebidas sempre geladas.

Continue Lendo...

Sobre o blog

O Blog da Frigelar nasceu do intuito de tirar todas suas dúvidas sobre ar-condicionado, refrigeração e ainda trazer dicas especiais para que seu dia a dia seja cada vez mais tranquilo, confortável e repleto de bem-estar!