Na disputa entre ar-condicionado portátil e Split, qual modelo sai em vantagem?

Para ajudá-lo na escolha, comparamos os principais benefícios e algumas desvantagens de cada um

Publicado por Frigelar | 11 de janeiro de 2021

Atualizado em 11 de janeiro de 2021

Há dias em que os termômetros estão nas alturas e nenhum ventilador é capaz de aliviar. Nessas horas, surge o desejo de adquirir um aparelho que ajude a aplacar o calor. Mas qual opção vale mais a pena: o potente ar-condicionado convencional ou o compacto e econômico ar-condicionado portátil?

Ambos são eficientes para climatizar um ambiente, equilibrando a temperatura e gerando conforto térmico. Também servem como desumidificador. Ao manter o nível de umidade baixo, reduzem os alérgenos, como bolores e ácaros. Assim, ajudam a manter você e a sua família mais saudáveis.  

Por outro lado, o aparelho convencional precisa de instalação fixa, enquanto o ar portátil pode ser instalado sem o auxílio de um técnico. As diferenças também estão na emissão de ruídos dos aparelhos e no tipo de manutenção necessária.

Neste post, conheça melhor os dois produtos e descubra seus principais benefícios e algumas desvantagens. Confira:

Ar-condicionado convencional: modelos e utilidades

Mais comuns de serem vistos, os aparelhos convencionais de ar-condicionado estão presentes em residências, escritórios, comércios, restaurantes e em uma infinidade de locais. Os principais modelos de ar-condicionado fixos para ambientes domésticos são o ar janela e o Split.

Enquanto o ar-condicionado janela é composto por apenas uma unidade, o modelo Split conta com evaporadora e condensadora separadas. Assim, a evaporadora é instalada dentro do ambiente, enquanto a condensadora fica do lado de fora do imóvel. Com alta eficiência de refrigeração, operação silenciosa e discretos, ambos aparelhos são excelentes para gerar conforto térmico e garantir boas noites de sono. 

Os dois modelos precisam ser instalados por um técnico especializado. Isso garante que o aparelho funcione corretamente e tenha sua vida útil mantida. 

ar condicionado split em quarto de casal
Garanta mais conforto na hora de dormir com o Split

Leia também: 

Ar-condicionado portátil: pequeno no tamanho, gigante nas soluções

Os custos ou problemas para instalar já não são mais uma desculpa para continuar enfrentando o calor. O ar-condicionado portátil é a opção perfeita para quem deseja refrescar o ambiente.  

O ar portátil funciona praticamente do mesmo modo que os aparelhos tradicionais, fazendo a troca de ar quente pelo ar frio. Dependendo do modelo escolhido, você pode definir quais funções quer utilizar, como refrigeração, ventilação, timer, entre outras. Há também os aparelhos quente e frio, que oferecem ambas as finalidades.

A instalação pode ser feita em casa, dispensando a necessidade de contratar um profissional técnico. Bastante prático, o mini ar-condicionado só requer que se tenha uma janela no local para colocar a mangueira de exaustão, responsável pela troca do ar quente pelo frio. 

Basta uma tomada próxima ao local e que a mangueira de exaustão seja colocada para o lado de fora da janela para permitir a troca de ar. Uma dica valiosa é ficar de olho para que a saída de ar não seja obstruída por algum móvel ou objeto que impeça o fluxo do vento. 

Quais as diferenças entre o ar portátil e o Split? 

Ao contrário dos Splits –  que são divididos entre aparelho e condensadora – , o ar portátil é composto por apenas uma parte. Isso possibilita que funcione como uma unidade móvel, com rodas de apoio que permitem o seu transporte para onde você quiser

Por retirar a umidade do ambiente neste processo, ele também acumula água. Porém, enquanto nos modelos convencionais a água vai para a condensadora, no portátil a água fica retida em um reservatório próprio. Quando estiver cheio, é só esvaziar e voltar a usar. 

Ainda falando sobre a água, lembre-se que o mini ar-condicionado usa-a para climatizar o espaço. Por isso, diferente dos modelos tradicionais, é preciso trocá-la de tempos em tempos para que sempre esteja nova e limpa.  

Entenda mais sobre o assunto no nosso blog: Conheça os prós e contras do ar-condicionado portátil 

Quando vale a pena investir no ar-condicionado portátil?

Esses aparelhos já existem há algum tempo, mas a sua popularidade disparou nos últimos anos devido à conveniência, versatilidade e eficiência energética. Amenizar o calor ficou muito mais fácil com tantas vantagens.

Praticidade

O ar-condicionado portátil ocupa pouco espaço, é leve, pode ser deslocado sem esforço e é fácil de guardar. Ainda tem opções 110v e 220v, evitando que você precise mexer na rede elétrica do ambiente.  

sala de estar com ar-condicionado portátil
O ar-condicionado portátil é a alternativa ideal para quem deseja uma instalação rápida

Conveniência

Por ser portátil, esse modelo atrai pessoas que moram em casas alugadas e aqueles que não desejam furar a parede ou instalar equipamentos no lado de fora. Também é uma excelente saída para quem veraneia na praia. É só embarcar o ar-condicionado no carro e curtir um clima ainda mais gostoso. 

Instalação fácil 

Sem dor de cabeça! Não é preciso furar parede, trocar a voltagem da tomada ou, ainda, chamar um instalador. Coloque o aparelho próximo de uma janela, com sua mangueira de ar quente para o lado de fora e, então, é só plugar na tomada e ligar.  

Eficiência

Não se engane pelo tamanho. Mesmo sendo pequeno, o ar-condicionado portátil tem desempenho semelhante aos convencionais. Avalie o local mais adequado para posicioná-lo e escolha a quantidade de BTUs adequada para o seu espaço. 

Clique aqui para calcular a potência ideal.  

Diversas opções

Já existem no mercado diversas marcas e modelos, inclusive com designs bastante ergonômicos e inteligentes. Além disso, são oferecidas funcionalidades específicas, voltagens diferentes e quantidade de BTUs para ambientes de diversos tamanhos. Você também pode encontrar: 

– Painel digital; 

– Aparelhos com funções dormir, timer e não perturbe; 

– Com fluido refrigerante R-410a, tem desempenho superior sem agredir a Camada de Ozônio;  

– Filtro ou ionizador que colabora na remoção da poeira, de ácaros e de fungos do ar;

– Design que combina com a decoração do ambiente; 

– Tecnologia que reduz a emissão de ruídos. 

Custo-benefício

A economia vem da eficiência no gasto de energia e por sua instalação simples, que dispensa o trabalho de um técnico.  Você pode mover seu aparelho para qualquer lugar, dispensando a necessidade de ter vários aparelhos em casa. 

Quando a melhor opção é o ar-condicionado Split?

Mesmo gerando gastos com a instalação, o Split conquistou o coração dos consumidores por sua eficiência e pelas tecnologias que oferece. É um aparelho indispensável na casa dos brasileiros, especialmente de quem mora nas regiões mais quentes do país.

Maior capacidade de refrigeração

Enquanto os modelos  de ar-condicionado portátil não ultrapassam 14.000 BTUs, facilmente pode-se encontrar Splits com capacidades bem superiores. Assim, é um aparelho adequado para ambientes de médio e grande porte.

É mais silencioso que o aparelho portátil

Se você tem sono leve ou precisa de silêncio para se concentrar enquanto lê ou trabalha, é no Split que deve investir. Afinal, esse aparelho é bem menos ruidoso que o ar portátil. 

Oferece mais funções

O Split é um aparelho completo. Existem funcionalidades e regulagens de temperatura que você só encontra nele. É o caso dos aparelhos com Wi-Fi, por exemplo, que permitem o controle através de aplicativo. 

Não requer retirada de água

Por ter escape para a água, os Splits não precisam de um reservatório de água. Assim, você pode usá-lo por horas seguidas sem se preocupar em esvaziar o reservatório.

Custo do aparelho

Diferentemente do que se possa imaginar, o ar portátil não é muito mais barato que um Split. Dependendo da quantidade de BTUs, das funcionalidades e da marca, o Split pode sair mais em conta. 

Contudo, é bom lembrar que o Split requer instalação feita por um profissional. E se você for se mudar, será necessário pagar por uma desinstalação e uma nova instalação em outro lugar. 

ar condicionado Split no quarto de dormir
O Split ocupa menos espaço no ambiente e colabora na decoração

Já se decidiu? 

Você já conhece as funções e facilidades de cada aparelho, mas precisa estar atento a algumas dicas antes de escolher o ar-condicionado dos seus sonhos. A primeira é conferir a voltagem do seu futuro eletrodoméstico.

Avalie quantos metros quadrados tem nos cômodos em que pretende utilizar o mini ar-condicionado. Isso evita que você compre um portátil que vá gastar mais energia do que o necessário ou, ainda, que opte por um aparelho que não vai dar conta de climatizar. Além do espaço, considere a quantidade de pessoas que vão utilizar e se os espaços ficam expostos ao sol de maneira contínua. É preciso considerar esses fatores na hora de decidir pela quantidade de BTUs.  

Explicamos tudo neste vídeo:

Também considere a eficiência no consumo de energia, para evitar que tenha surpresas desagradáveis quando chegar a conta de luz. Confira o selo Procel, uma etiqueta que indica quais são os produtos com bons níveis de eficiência energética dentro de uma determinada categoria. Os graus vão de A (mais eficiente) a G (menos eficiente). 

Acompanhe a Frigelar nas redes sociais:

Veja também!

Frigelar doa câmara frigorífica EOS para Secretaria Estadual de Saúde do RS

A câmara armazenará medicamentos e equipamentos médicos utilizados na luta contra a Covid-19

Continue Lendo...

Os bebedouros ideais para ambiente com grande circulação de pessoas

O bebedouro facilita o dia a dia de academias, escolas, clubes, refeitórios e escritórios

Continue Lendo...

Sobre o blog

O Blog da Frigelar nasceu do intuito de tirar todas suas dúvidas sobre ar-condicionado, refrigeração e ainda trazer dicas especiais para que seu dia a dia seja cada vez mais tranquilo, confortável e repleto de bem-estar!