Dia do Enólogo: o que levar em consideração na hora de escolher a adega climatizada ideal

Não é preciso ser um especialista do mundo do vinho para apreciar a bebida em todo o seu potencial

Publicado por Frigelar | 6 de outubro de 2020

Atualizado em 21 de outubro de 2020

Comemorado no dia 22 de outubro, o Dia do Enólogo homenageia o trabalho técnico – e praticamente artístico – dos profissionais responsáveis por todo o processo de vinificação. A dedicação, no entanto, começa muito antes dos rótulos chegarem à adega. 

O enólogo é responsável por avaliar o terroir – que compreende as questões geográficas, geológicas e de microclima de uma região –, escolha das cepas e suas respectivas mudas, estudo do método de irrigação, técnica de plantio, modo de podar e até a melhor hora para a colheita. Na vinificação, determina as técnicas, os blends e o tempo de amadurecimento adequadas. Tudo para que o melhor vinho chegue às taças dos apaixonados por esse universo. 

Com a garrafa em mãos, os apreciadores da bebida precisam estar atentos à forma adequada de acondicionar os seus vinhos. Neste artigo, vamos falar sobre a temperatura ideal para cada tipo de vinho, os tipos de adega climatizada, as capacidades e as principais marcas disponíveis no mercado nacional. 

Garrafa de vinho acondicionada na prateleira de uma adega climatizada
A adega deve oferece controle térmico, estabilidade, equilíbrio da umidade e proteção contra os raios UV

Qual a temperatura ideal para cada tipo de vinho?

Como um bom enófilo, você sabe bem que a assimilação das características da bebida, como aroma, taninos, doçura e até mesmo o teor alcóolico, é influenciada pela temperatura de serviço. Os enólogos explicam que as papilas gustativas perdem parte da sensibilidade em temperaturas baixas. Essa percepção vai caindo a partir dos 10ºC, sendo praticamente inibida em temperaturas abaixo dos 4ºC. 

Como ensina a Revista Adega, a temperatura ideal para o vinho é:

  • Vinhos espumantes: 6°C 

Também é a temperatura de frisantes e vinhos gaseificados.

  • Vinhos brancos doces: 6°C

Um bom exemplo desta categoria é o Moscato. 

  • Vinho brancos: entre 6°C e 12°C 

É a temperatura indicada para apreciar Sauternes e Gewurztraminer.

  • Vinhos rosés: 8°C 

Por ser o meio termo entre o vinho branco e o tinto, geralmente apresenta menos taninos, muito frescor, boa acidez e corpo. Os rosés podem ser feitos com diversas variedades e, ainda, com blends. 

  • Vinhos tintos leves: entre 14°C e 16°C 

São produzidos com uvas de menor potencial alcoólico, como Gamay e Pinot Noir. 

  • Vinhos tintos encorpados: entre 16°C e 18°C 

Esses promovem uma festa de taninos (aquela substância química que provoca a sensação de adstringência) na sua boca! Os tintos encorpados mais conhecidos são Malbec, Tannat e Cabernet Sauvignon. 

  • Vinhos fortificados: entre 16°C e 18°C

Além da maior concentração alcóolica, são vinhos com diferenciais sensoriais, como texturas espessas e sabores fortes e robustos. É o caso dos famosos Vinho do Porto, Madeira e Xerez. 

Assim, a ideia de “servir em temperatura ambiente” cai por terra também, especialmente em um país com tanta diferença climática entre regiões quanto é o Brasil.  Acima de 20ºC, o álcool evapora mais facilmente, o que pode fazer com o que o vinho pareça mais alcoólico do que é de fato. Por outro lado, as temperaturas mais baixas mascaram as nuances aromáticas. 

Saiba mais: Guia completo sobre vinhos e dicas para conservá-los

Mão feminina servindo vinho tinto de um decanter de vinho.
Se você é um apaixonado pelo mundo dos vinhos, vale a pena investir para ter a melhor experiência

Adega climatizada vale a pena?

O vinho é um produto tão delicado que exige condições ideais para a conservação e consumo. Caso contrário, os processos químicos e físicos inerente à bebida podem ser acelerados, desestabilizando o seu fino equilíbrio. Para que as oscilações de temperatura não interfiram na qualidade da bebida, o uso de uma adega climatizada é bastante recomendado. 

Lembre-se que a temperatura de serviço é diferente da temperatura de armazenamento. Quem gosta de ter uma coleção de rótulos precisa de uma adega climatizada, para evitar mudanças bruscas de temperatura. Por isso, para quem mora em regiões quentes, a adega é uma grande aliada. 

A adega climatizada não serve apenas para resfriar vinhos espumantes e brancos, mas também para adequar a temperatura de vinhos mais encorpados, licorosos e fortificados. Ao mesmo tempo, ela é projetada para controlar a umidade interna e bloquear a incidências de raios UV, responsáveis por conceder desagradáveis aromas sulfurosos aos vinhos. 

A estabilidade também é muito importante para preservar as qualidades do seu vinho. Diferentemente de deixar a garrafa na porta da geladeira, suscetível a trepidações, a adega refrigerada acondiciona as garrafas de modo seguro e na posição correta. 

Ao mesmo tempo, a adega climatizada possui iluminação interna em LED. São pequenos emissores de luz que permitem a visualização interna, mas sem causar danos às características originais do vinho.

Tipos de adega: termoelétrica e compressor

Quem busca por adegas elétricas já deve ter se deparado com duas opções: as adegas termoelétricas e as adegas com compressor. Mas você conhece a diferença entre elas?

Criadas na Europa, as adegas termoelétricas são menos conhecidas aqui no Brasil. Elas utilizam uma placa de cerâmica para absorver o calor interno e expeli-lo. Assim, mantêm a temperatura interna em torno dos 10ºC a 12ºC. 

As adegas termoelétricas são especialmente recomendadas para lugares frios. Entre os pontos positivos, estão: não vibram, tem baixa emissão de ruídos e são econômicas no consumo de energia. 

Elas não são tão populares por aqui, pois dificilmente conseguem atingir a temperatura interna adequada se a externa estiver muito alta. Complicado em um país tropical que atinge facilmente os 40ºC, não é?

Por outro lado, você já deve ter ouvido falar que o compressor é o coração de um sistema de refrigeração. E ele é de fato! É o compressor que faz a sucção e a compressão do fluido refrigerante, responsável pela troca de calor com o ambiente. Assim, as adegas que utilizam sistema de refrigeração com compressor são capazes de controlar a temperatura mais facilmente. Isso é fundamental para manter a estabilidade da temperatura interna, mesmo que faça calor externamente. 

Além disso, as adegas com compressor são mais indicadas para quem deseja guardar muitas garrafas. São duráveis e requerem baixa manutenção. Em contrapartida, costumam emitir mais ruídos que as adegas termoelétricas.

Mulher jovem, vestida de azul, retira garrafa de vinho branco de adega climatizada
A adega refrigerada é perfeita para quem não abre mão de bons vinhos brancos e espumantes

Perfil do consumidor

Se você é um apaixonado por vinhos, vale a pena investir para ter a melhor experiência de consumo. Isso, é claro, inclui uma adega climatizada. Esse não é um investimento baixo, mas por se tratar de um eletrodoméstico durável e tão útil, vale a pena considerá-lo. 

A adega refrigerada é especialmente indicada para quem tem o hábito de adquirir vinhos de guarda e costuma demorar para abri-los. Afinal, esses rótulos pedem condições especiais de conservação, a fim de que atinjam o máximo potencial. Além de acondicionar na posição e temperatura ideal, a adega climatizada é planejada para manter a umidade adequada e proteger devidamente dos raios UV.

Por outro lado, se você compra vinhos com a intenção de consumi-los sem demora, o armazenamento das garrafas pode ser feito em locais arejados e sem presença de luz. Porém, alguns cuidados devem ser tomado:

  • Guardá-los na cozinha é bastante desrecomendado, uma vez que a oscilação de temperatura causada por fornos e fogões pode prejudicar a bebida. 
  • Manter o vinho na geladeira também não é uma boa ideia, pois, com o tempo, pode acabar acelerando o processo de oxidação e ainda corre o risco de “pegar” o cheiro dos alimentos. 

Capacidade da adega

Além de avaliar o seu perfil de enófilo, considere a capacidade da adega na hora de escolher o melhor modelo. Categorizamos os aparelhos por litragem ou quantidade de garrafas que podem ser armazenadas. 

As adegas pequenas armazenam oito ou 12 garrafas. Os modelos intermediários podem comportar 16 ou 24 garrafas. Para quem gosta de colecionar rótulos, são indicadas as adegas climatizadas de 48 garrafas. Ou seja, existe uma adega perfeita para o tamanho da sua necessidade! 

Marcas de adegas

As principais marcas de refrigeração já se atentaram para o público apaixonado por vinhos. Também, pudera: só em 2020, o consumo per capita de vinhos chegou a 2,37 litros anuais por brasileiro com mais de 18 anos. Trata-se de um aumento de 11% em relação a 2019. Ainda temos muito para crescer, mas esses já são números para nenhum enólogo botar defeito!

Pensando nisso, destacamos a melhor adega climatizada das marcas Brastemp, Electrolux, Midea, Multilaser e Philco. Confira:

Adega climatizada Brastemp

Vamos iniciar a nossa lista logo pela maior adega que temos na Frigelar: a adega climatizada Brastemp Dual Zone para 33 garrafas. Perfeita para quem gosta de colecionar vinhos comprados em viagens ou mesmo compartilhar bons momentos com vários amigos. 

O diferencial desta adega é o Dual Zone, que consiste em dois compartimentos distintos com controle de temperatura independentes. Assim, pode-se acondicionar diferentes tipos de vinho ao mesmo tempo, sempre respeitando as características de cada um. Além disso, as prateleiras em madeira dão um toque sofisticado ao acabamento.

Imagem frontal da adega Brastemp Dual Zone, com capacidade para 33 garrafas
Adega climatizada Brastemp Dual Zone

Adega climatizada Electrolux

Compacta e sofisticada, assim é a adega climatizada Electrolux para 12 garrafas. O acabamento em alumínio escovado confere durabilidade e elegância. Conta ainda com iluminação interna, feita com pequenos emissores de luz LED. Assim, dá destaque às garrafas, mas sem danificar as características dos vinhos. 

Imagem frontal da adega Electrolux para 12 garrafas
Adega climatizada Electrolux

 Adega climatizada Midea

A adega climatizada Midea Liva comporta até 24 garrafas. Entre os seus diferenciais, estão a porta fabricada em vidro duplo espelhado, que garante o isolamento térmico perfeito, e as prateleiras ergonômicas e ajustáveis em inox. A função Trava Painel evita que acidentalmente se toque no painel touch e se altere a programação. 

Imagem da adega climatizada Midea, de porta aberta, armazenando 24 garrafas de vinho
Adega climatizada Midea Liva

Adega climatizada Multilaser

A Multilaser é uma estreante no mercado de adegas, mas já chegou com diferenciais de peso. A adega climatizada para 12 garrafas é uma das mais econômicas e eficientes no consumo de energia. Além das prateleiras cromadas, deslizantes e reguláveis, tem display eletrônico touch com controle digital da temperatura.

Adega refrigerada da marca Multilaser, de porta aberta e vazia
Adega climatizada Multilaser

Adega climatizada Philco

Com o sistema termoelétrico de refrigeração, a adega climatizada Philco 48 litros tem capacidade para 16 garrafas. Bastante silenciosa e econômica, utiliza gás ecologicamente correto, livre de CFC. 

Adega refrigerada Philco, de porta fechada, com 16 garrafas dentro
Adega climatizada Philco

Dica bônus: adega 3 em 1

Como pode perceber, o uso de uma adega é imprescindível para o bom armazenamento dos rótulos. Entretanto, por ter sido desenvolvida  pensando na melhor forma de acondicionar um vinho, a adega nem sempre é capaz de resfriar bebidas e alimentos adequadamente. 

É aqui que mora o principal diferencial da adega flex Midea. Esse é um modelo exclusivo que combina adega climatizada, cervejeira e frigobar. Basta selecionar a temperatura ideal para o produto que você deseja gelar, escolhendo entre -5ºC a 18ºC no painel touch, e pronto! E, ainda, as prateleiras ajustáveis permitem total adaptação do espaço interno. 

Adega, cervejeira e frigobar Midea. Imagem do produto com porta aberta, vazio.
Midea 3 em 1: adega, cervejeira e frigobar, tudo em um só produto

Onde instalar a adega refrigerada

A adega refrigerada combina muito bem com cozinhas, áreas gourmet, salas de estar e jantar. Porém, é preciso tomar alguns cuidados na hora de instalá-la. Evite pôr o aparelho em ambientes em que a incidência de raios solares seja direta, como em varandas e espaços externos. 

O mesmo vale para lugares próximos a fontes de calor. O aparelho fica perfeito em uma cozinha, mas deve estar distante de fornos e fogões. Se for colocá-la na sala, evite deixar perto de aquecedores e lareiras. Além disso, é contraindicado colocar outros eletrodomésticos sobre a adega.

Se o modelo da sua adega climatizada for de embutir, é preciso levar em consideração as distâncias mínimas para garantir uma circulação de ar adequada. Assim, você garante o bom desempenho e evita ruídos desagradáveis causados porque os componentes da adega estão encostando na parede, nos móveis ou em outros objetos.

Também não é recomendada instalação em espaços muito úmidos, a fim de impedir que a umidade cause danos ou provoque a ferrugem. Lembre-se que além de danificar o aparelho, a instalação em local inadequado acaba prejudicando o funcionamento e até mesmo aumentando o consumo de energia. 

Então, qual é a melhor adega climatizada?

A melhor adega é aquela que oferece controle térmico, estabilidade, equilíbrio da umidade, proteção contra os raios UV e eficiência. No mais, é você quem decide qual modelo melhor se adequa às suas necessidades. 

Por muito tempo, o mundo do vinho foi visto como algo regrado e cheio de etiqueta. A elegância, de fato, nunca vai deixar de existir. Mas já há movimentos para incentivar que o consumo seja da melhor forma: ou seja, do seu jeito! 

Pegue a sua taça e celebre o Dia do Enólogo conosco. Um brinde! 

Acompanhe a Frigelar

Veja também!

Como resfriar rapidamente um ambiente com ar-condicionado

Entenda mais sobre as funcionalidades do aparelho e como ajudá-lo a gelar mais

Continue Lendo...

Turbine o seu ventilador para resfriar um ambiente rapidamente

Até mesmo a forma como se posiciona o aparelho influencia na sua capacidade de reduzir a sensação térmica

Continue Lendo...

Sobre o blog

O Blog da Frigelar nasceu do intuito de tirar todas suas dúvidas sobre ar-condicionado, refrigeração e ainda trazer dicas especiais para que seu dia a dia seja cada vez mais tranquilo, confortável e repleto de bem-estar!