Quando devo trocar meu ar-condicionado?

Saber a hora certa de trocar o ar-condicionado pode ser […]

Publicado por Frigelar | 31 de janeiro de 2019

Atualizado em 25 de setembro de 2020

Saber a hora certa de trocar o ar-condicionado pode ser mais difícil do que a gente pensa, não é mesmo? Há muitas questões para avaliar e a dúvida entre comprar um novo aparelho ou mandar consertar o antigo é mais comum do que imaginamos. Vale a pena consertar e correr o risco de gastar mais uma vez no futuro ou é melhor trocar para um novo equipamento?

Para facilitar esse processo, nós estamos aqui para ajudar. Vamos avaliar juntos todas as variáveis para que você possa tomar a decisão correta e economizar.

Trocar o ar-condicionado ou mandar consertar?

Há várias questões para avaliar nesta decisão. A melhor forma de fazer isso é com a ajuda de um profissional. Com o auxílio de um técnico especializado em ar-condicionado, você saberá se é a hora de buscar por um novo aparelho ou se é mais econômico consertar o que você já tem.

Geralmente, esta decisão se baseia nos problemas que o compressor do ar-condicionado possui. A troca desta peça do equipamento tem um valor mais elevado e, por consequência, talvez seja mais econômico comprar um novo aparelho. Neste ponto, a avaliação de um técnico é fundamental.

Outra questão que também tem grande influência na decisão é o número de consertos que o seu ar-condicionado já passou. Se a necessidade de ajustes já é alta, a probabilidade de gastos futuros se potencializa. Além disso, existem outros pontos a considerar que podem facilitar a resolução deste problema. Por isso, listamos todos eles neste artigo para ajudar você nesta tarefa.

1- Tempo de uso do ar-condicionado

Ar-condicionado que sofreu desgaste com o tempo

A primeira coisa a considerar quando você estiver pensando em trocar o ar-condicionado, é o tempo de uso do equipamento. Isso tem ligação direta com a vida útil que ele ainda possui. Além disso, se seu aparelho for mais antigo, é válido comparar a qualidade de sua tecnologia com os novos modelos do mercado.

2- Qual é o problema do aparelho

Como já mencionado neste artigo, os problemas com o compressor do seu ar-condicionado podem ser os que mais atingirão o seu bolso. Pensando nisso, é importante verificar se é mais econômico trocar o
aparelho antigo por um novo, já que os gastos serão maiores que o imaginado.

Ainda assim, mesmo com outros problemas, é importante consultar um técnico especializado para entender se os consertos valem a pena. Comparando os gastos das correções com o valor de uma nova tecnologia, você saberá qual decisão deve tomar.

3- Modernidade do seu ar-condicionado

Outra consideração muito importante que você deve avaliar na hora de trocar ou consertar seu ar-condicionado é a modernidade do aparelho que você já possui. Com os novos modelos disponíveis no mercado, é possível ter ainda mais vantagens em comparação ao equipamento anterior.

Hoje, existem inúmeras tecnologias que potencializam o seu conforto e podem melhorar significativamente a climatização de um ambiente. Há muitas opções de aparelhos e você pode escolher a que mais se encaixa com o seu perfil. Existem tecnologias que livram o ar de bactérias, o que pode ser essencial para quem vive com bebês e idosos, equipamentos que trabalham com uma temperatura mais constante, sem variações, funções quente e frio, além de outras inúmeras vantagens. Se você já quiser conhecer estas opções, acesse nosso site.

4- Consumo de energia

Esta é uma das avaliações mais importantes que você deve considerar se seu objetivo principal é a economia. Quando falamos de consumo de energia, um aparelho antigo pode ser o vilão na sua conta de luz no final do mês. O investimento em um novo ar-condicionado pode ser alto, porém, com os novos modelos, a economia de eletricidade pode chegar a até 40% com ares-condicionados Inverter.
Avaliando esta questão, a redução de gastos é bem clara. Você troca seu equipamento antigo por um novo aparelho, aproveita as novas funções e economiza todo mês na conta de luz. Se quiser saber mais sobre os modelos Inverter, temos um artigo especial sobre isso. Confira!

5- Potência do seu ar-condicionado

A potência do seu ar-condicionado também deve ser revisada se você estiver pensando em comprar um novo aparelho. Muitas vezes, o número de BTUs de um equipamento antigo é menor que necessário para climatizar um ambiente. Ou seja, com menos potência, o ar-condicionado acaba gastando mais energia para encontrar um equilíbrio térmico. Isso pode prejudicar a vida útil dele e aumentar a necessidade de consertos.

Para tirar a dúvida se este é o seu caso, acesse nossa calculadora de BTUS. Com ela, você consegue saber qual é a potência necessária para climatizar a sua casa de acordo com os metros quadrados e outras variações térmicas. Desta forma, se você for comprar um novo modelo de ar-condicionado, saberá o número de BTUs correto para refrigerar seu ambiente, sem sobrecarregar o equipamento.

6- Barulho do aparelho

Mais uma vantagem das novas tecnologias é redução de ruídos. Se seu ar-condicionado for muito antigo ou está com problemas, talvez seja importante trocar o aparelho por um novo modelo. Hoje, existem várias opções que reduzem o barulho do ar-condicionado para melhorar a sua qualidade de vida e, principalmente, o seu sono. É importante lembrar que mais uma vez os benefícios de um novo equipamento vão além da economia. Lembre-se disso quando for tomar sua decisão.

7- Mudança de endereço

Por último, é importante lembrar da possibilidade de trocar o ar-condicionado se você estiver mudando de endereço. Nestes casos, também é necessário pensar nesta opção. As despesas com a mudança, como a desinstalação e uma nova instalação, por exemplo, também podem ser altas. Além disso, se seu aparelho já passou por alguns consertos, também é importante avaliar se vale a pena levá-lo com você. Pense nisso!

Devo chamar um técnico?

Mulher checando ar-condicionado

O mais importante para decidir se você deve ou não trocar seu ar-condicionado, é chamar um técnico especializado. Sem uma visão profissional, será muito difícil saber se os problemas de seu aparelho podem voltar a acontecer em um curto espaço de tempo. Para evitar gastar duas vezes, conte com a visão de um especialista.

Para conseguir um profissional, é bem simples. Basta você entrar em contato com uma de nossas lojas para entrar em contato com um técnico de sua região. Conforme o diagnóstico dele, é possível encontrar novas peças diretamente em nossa loja ou realizar a compra de um novo aparelho.

Conforme o diagnóstico dele, é possível encontrar novas peças direto com o profissional ou buscar um novo aparelho.

Decidiu trocar o ar-condicionado? Veja o que considerar na hora da compra

Se você decidiu por trocar seu ar-condicionado e investir em um novo modelo, nós também ajudamos você nessa escolha. Por isso, listamos os principais pontos que você deve considerar na hora da compra. Fique ligado!

1- Tecnologia do produto

Como abordado anteriormente, existem muitos modelos de ar-condicionado e, antes de comprar, é necessário saber qual tecnologia é mais adequada às suas necessidades. Você pode optar pelo split convencional ou pelo modelo Inverter. A principal diferença entre os dois é que no Inverter há um menor consumo de energia, além da capacidade de manter a temperatura sempre estável, sem oscilações.

2- Ciclo do equipamento

Além dos inúmeros modelos, também existem opções de ares-condicionados com ciclos diferentes. Existem equipamentos que apenas refrigeram um ambiente e outros que também tem a função de aquecimento. Escolha qual é o ideal para você!

3- Potência do ar-condicionado

Para não correr o risco de comprar um aparelho que tenha a potência abaixo daquela necessária para climatizar o seu ambiente, também é necessário calcular os BTUs e acertar a quantidade certa. Como falamos, é possível calcular esse número em nosso site e facilitar essa etapa. Lembre-se: isso também é muito importante para economizar na energia elétrica.

4- Voltagem do aparelho

Além da potência certa, você também precisa saber a voltagem correta do aparelho. A maioria dos ares-condicionados possuem uma voltagem de 220V. Se sua casa ou comércio tiver uma voltagem diferente disso, é importante verificar com a concessionária de energia a possibilidade de disponibilizar outra voltagem e chamar um técnico especializado para adaptar a sua rede elétrica. Por isso, lembre-se de checar estes detalhes antes de comprar seu equipamento.

Conheça nossos principais modelos

Já decidiu se vai comprar um novo aparelho e contar com uma nova tecnologia? Se sim, é hora de conhecer o que o mercado tem para oferecer. Em nosso site, você encontra todos os modelos e consegue tirar dúvidas com nosso chatbot para fazer a escolha certa.

Para isso, basta clicar aqui e acessar o site da Frigelar. Nele, também é possível comparar as opções que você mais gostou para facilitar a escolha.

Se ainda restar alguma dúvida, também é possível consultar outros artigos especiais em nosso blog. Qualquer outra solicitação, entre em contato conosco.

Veja também!

Filtro para purificador de água: o que purifica, qual refil comprar e como descartar

O filtro protege você e a sua família dos agentes contaminantes da água

Continue Lendo...

Como resfriar rapidamente um ambiente com ar-condicionado

Entenda mais sobre as funcionalidades do aparelho e como ajudá-lo a gelar mais

Continue Lendo...

Sobre o blog

O Blog da Frigelar nasceu do intuito de tirar todas suas dúvidas sobre ar-condicionado, refrigeração e ainda trazer dicas especiais para que seu dia a dia seja cada vez mais tranquilo, confortável e repleto de bem-estar!